fr en es pt
astronomia
        RSS astronoo

Pegada ecológica da humanidade

Pegada ecológica global

 Tradução automática  Tradução automática Categoria: Ecologia
Actualização 01 de junho de 2013

A pegada ecológica global é a pressão exercida pela humanidade sobre a natureza.
Este conceito foi criado na década de 1990 pelo MM. Mathis Wackernagel e William Rees, dois pesquisadores da University of British Columbia em Vancouver.
Ele avalia a área produtiva necessária para a população a cumprir o seu consumo de recursos e necessidades para absorver resíduos.
Este pedido excede 2007, os limites da capacidade de regeneração dos ecossistemas.
A demanda média mundial é atualmente 14,1 bilhões de hectares, ou 2,23 hectares globais por pessoa, enquanto há apenas 1,8 hectares globais da superfície terrestre e oceanos biologicamente produtiva disponível por pessoa.
A economia humana está na superação ecológica. A pegada ecológica global da humanidade aumentou 50% entre 1970 e 1997, um aumento de cerca de 1,5% ao ano. A crescente proliferação da espécie humana no planeta pode causar um colapso ambiental real, porque a humanidade está a consumir água mais rápido do que as recargas no chão.
Ela cortou as florestas mais rápido do que pode se regenerar, emite CO2 na atmosfera mais depressa do que pode absorver. Dada a procura, é provável que em 2050, a humanidade consome o dobro do que o planeta pode produzir em recursos naturais.

 pegada ecológica global

Imagem:  A pegada ecológica global é a pressão exercida pela humanidade sobre a natureza, sobretudo, a pegada ecológica de região para região (área produtiva por pessoa, necessários para atender o seu consumo de recursos). A pegada ecológica global da humanidade aumentou 50% entre 1970 e 1997.

Demanda mundial de energia

    

A demanda mundial por petróleo continuará provavelmente a subir nos próximos 30 anos.
De acordo com a Agência Internacional de Energia (AIE), este crescimento poderia ser de 60%, uma previsão que continua envolta em incerteza, já que é difícil avaliar a evolução das populações, as economias, estilos de vida, tecnologia ou revoluções industriais.
Todos os analistas concordam com o fato de que o crescimento do consumo será em grande parte impulsionada por países emergentes, com as maiores populações, como China e Índia, passando por um crescimento económico dinâmico.
A aplicação destes países vai aumentar três vezes mais rápido do que a área da OCDE a quase metade do total da demanda por petróleo em 2030 (contra 13% em 1970). O planeta é provável que forneça toda a energia que queremos. A revolução vai ter lugar no nosso consumo de maneira bulímico.

Imagem: tep (tonelada equivalente de petróleo).

 A demanda mundial por petróleo

O planeta Terra está agora muito pequeno

    

De acordo com o relatório da WWF (World Wildlife Fund), a maior necessidade para a humanidade em recursos naturais é tal que vai demorar mais terras antes de 2040. O relatório também dá uma indicação do que é chamado de "pegada ecológica", medindo as necessidades de recursos naturais de um indivíduo ou uma população, é claro para o alimento, mas para tudo o resto (materiais diferentes, de ocupação terras para habitação e balanço de carbono dos transportes...).
É expressa em hectares globais, dando à superfície de terra e mar necessária para atender a essas necessidades e reciclar resíduos. De acordo com dados do relatório, a necessidade de ultrapassar a capacidade do planeta desde o final de 1980.
Em 2005, a Pegada Ecológica da humanidade foi de 17,5 bilhões de hectares globais. No entanto, a capacidade de produção do planeta expressa com a mesma unidade, foi de apenas 13,6 bilhões. Esta diferença de 29%, corresponde ao esgotamento dos recursos. Nesse ritmo, segundo o relatório, a diferença vai chegar a 100% durante os anos 2030. O que está dizendo nesta organização que teremos então de duas Terras para nosso estilo de vida atual são mantidos.
Mas não existem duas Terras para nós, assim ele é o homem, apenas de recursos renováveis.

 A progressão da pegada ecológica da humanidade

Imagem:  A progressão da pegada ecológica da humanidade, medidos em hectares globais. WWF: O Fundo Mundial para a Natureza (World Wide Fund for Nature), é uma organização não-governamental de proteção da natureza e do ambiente, fortemente envolvida no desenvolvimento sustentável. Segundo os dados do seu relatório, as necessidades da humanidade, além das capacidades do planeta desde o final de 1980.

 
           
 
1997 © Astronoo.com − Astronomia, Astrofísica, Evolução e Ciências da Terra.
Contact    Mentions légales
arbre de la vie
Fronteira entre inanimado
e vivo...
 
tardigrade, ourson d'eau, water bear
o tardigrade, mais equipado para viver na terra...
 
tempo geológico
Tempo geológico
do nosso planeta...
 
arpithecus ramidus
Ardi, com idade
de 4,4 milhões anos...
 
ursos polares, especies em perigo de extinção
O homem será ele o maior animal da Terra?